A hiperpigmentação periorbital popularmente conhecida como olheira é uma hipercromia na região dos olhos, que ocorre mais em mulheres, particularmente morena. As olheiras podem ser de três tipos: vascular, pigmentar e mista.

 São vários os fatores que contribuem para o aparecimento das  olheiras, sendo o principal a genética, em especial os descendentes árabes e latinos. Também o estresse, a privação do sono, excessos com tabaco e bebidas alcoólicas, maus hábitos alimentares e período de menstruação favorecem o aparecimentos destas manchas que deixam a pessoa com o aspecto de cansada.

O Laser é uma das terapias, mais indicada, para melhor ou até eliminar as incomodas olheiras. Muito importante uma avaliação médica criteriosa antes da aplicação do laser. As peles claras costumam responder melhor ao tratamento, e são necessárias, no mínimo, seis sessões. Durante todo o tratamento o uso de filtro solar é indispensável, pois a pele pode manchar se exposta ao sol.